PARA RECEBER AS ÚLTIMAS NOVIDADES DA IMIGRAÇÃO CANADENSE, SIGA-NOS EM NOSSAS MÍDIAS SOCIAIS

Por que o Canadá é um país referência em diversidade?

29 March, 2022

Por que o Canadá é um país referência em diversidade?

A diversidade sempre desempenhou um papel importante na história  do Canadá.

 

Originalmente habitado por povos indígenas, o Canadá começou a sua imigração com a colonização francesa e britânica no século 17 e assim seguiu ao longo dos séculos 18 e 19, recebendo muitos que fugiram dos Estados Unidos durante a Guerra Civil Americana, e seguindo com uma nova onda vinda da Europa após as duas Guerras Mundiais.

Assim, muitas novas culturas, línguas e grupos religiosos desembarcaram no Canadá, resultando em muitas mudanças na política governamental e nas primeiras leis para proteger a diversidade. 

 

Em 1971, o Canadá tornou-se o primeiro país do mundo a promulgar uma política oficial de multiculturalismo, mostrando como a diversidade é valorizada no cenário político e social do país.

 

Hoje, o Canadá possui o maior percentual de cidadãos nascidos no exterior do que qualquer outro país do G8. 

 

Em 2021, ele recebeu um número recorde de imigrantes desde 1913, com mais de 401.000 novos residentes permanentes no país.

 

A diversidade se estende além de raça e etnia, e abrange idioma, gênero, afiliações religiosas, orientação sexual, habilidades e status econômico. Ao abrir suas portas para os imigrantes, o Canadá criou uma sociedade de línguas, culturas e religiões mistas, que  representam mais de 21% do total da população canadense, uma das maiores proporções entre os países do G8. 


 

De acordo com o Statistics Canada, a maioria da população nascida fora do Canadá reside em Ontário, British Columbia, Quebec e Alberta e é composta por mais de 200 etnias diferentes, relatadas na Pesquisa Nacional de Domicílios, e dessas, 13 ultrapassaram a marca de um milhão de habitantes vivendo no Canadá.


 

Toda essa diversidade fica nítida ao caminhar pelas ruas das grandes cidades do Canadá. Com certeza você ficará surpreso ao ouvir tantos idiomas diferentes sendo falados. 

 

No Censo da População de 2016 foi identificado que 19% da população falam pelo menos dois idiomas em casa, em comparação com 14,2% em 2006. 

Em 2016, 75% da população que relatou falar um idioma diferente do inglês, francês ou aborígene vivia em uma das seis maiores áreas metropolitanas do censo do Canadá (Toronto, Vancouver, Montreal, Calgary, Edmonton e Ottawa).

 

O Statistics Canada projeta que até 2031, entre 25% a 28% da população do país será nascida no exterior e de 29% a 32% da população pertencerá a um grupo minoritário. 

Espera-se que as minorias representem 63% da população de Toronto, 59% de Vancouver e 31% de Montreal.


 

Uma área onde a diversidade é frequentemente discutida é no mercado de trabalho. 

 

Os empregadores canadenses costumam seguir medidas para garantir que suas corporações sejam representativas da diversificada população canadense. 

 

A competição de Melhores Empregadores de Diversidade do Canadá foi realizada nos últimos sete anos e reconhece empregadores em todo o país que desenvolveram programas excepcionais de diversidade e inclusão no local de trabalho para cinco grandes grupos de funcionários: mulheres, membros de minorias, pessoas com deficiência, povos aborígenes e lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros/transexuais.

 

Em outubro do ano passado durante as eleições para o parlamento do país, seis pessoas que se identificam como "dois espíritos", que é como algumas das comunidades indígenas da América do Norte se referem a pessoas com gênero e sexualidades diversos, foram democraticamente eleitos e por isso o primeiro-ministro, incluiu o termo na sigla de diversidade.

 

E assim, o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, aumentou a sigla LGBTQIA+ em mais três aspectos que fazem muito sentido nos territórios da América do Norte. O político passou a usar 2SLGBTQQIA+ em textos oficiais.

 

Ele ainda usou uma segunda letra Q, que fala sobre ‘pessoas que ainda estão se questionando’ quando o assunto é gênero e sexualidade.

 

Espera-se que a diversidade da população do Canadá continue a aumentar significativamente, especialmente nas grandes cidades metropolitanas e é esse movimento que torna o Canadá um dos melhores países para se viver.


 

Espero que tenham gostado das nossas informações! 

O Grupo e-Visa é especializado em todas as etapas de que você precisa para ter sucesso em seu plano. Educação, Visto, imigração, carreira e planejamento financeiro!

 

 

 
Array
(
    [config-end] => 0.018932104110718
    [index-end] => 0.10219311714172
)