PARA RECEBER AS ÚLTIMAS NOVIDADES DA IMIGRAÇÃO CANADENSE, SIGA-NOS EM NOSSAS MÍDIAS SOCIAIS

Dicas (importantes) para as suas primeiras 2 semanas no Canadá

22 September, 2021

Dicas (importantes) para as suas primeiras 2 semanas no Canadá

Depois de tanto sonhar e planejar, você finalmente chegou ao Canadá.

O Canadá oferece muitas oportunidades maravilhosas para os recém-chegados. No entanto, as primeiras semanas após a sua chegada podem ser cansativas e "pesadas", com muitos formulários para preencher e compromissos a fazer.

Aqui estão 10 das atividades essenciais e mais importantes que você precisa fazer durante suas primeiras 2 semanas no Canadá.

 

1. Obtenha seu SIN

Seu número de seguro social é um número de nove dígitos que você precisa para trabalhar no Canadá. É semelhante ao CPF no Brasil.

Se você está no Canadá com uma autorização de trabalho temporária, seu SIN começará com um '9'.

Você pode se inscrever para um SIN em qualquer escritório da Service Canada e, se as filas forem curtas, tudo será resolvido em cerca de 30 minutos. Certifique-se de trazer seu visto e permissão de trabalho ou estudo com você, além do seu passaporte.

 

2. Abra uma conta bancária

O serviço bancário no Canadá é importante para que você possa gerenciar contas e pagamentos com cartão de débito e evitar saques onerosos de sua conta do Brasil.

Lembre-se de que os bancos geralmente têm taxas mensais associadas às suas contas correntes.

 

3. Obtenha um plano de telefone celular 

Não há nada de legal em pesquisar e comparar planos de telefone. É ainda menos agradável quando você está 'jet-lagged' - cansado e em fuso horário diferente, mas será um alívio quando você tiver um plano de dados  e puder encontrar o seu caminho no Google Maps. Quanto mais cedo você adquirir um telefone local, mais evitará tarifas caras de roaming de sua linha do Brasil. E se você tem um visto de dois anos e está considerando entrar em um contrato de dois anos, você terá melhores tarifas e planos que melhor irá atendê-lo. 

 

4. Comece sua busca por apartamento

Se você não tem histórico de crédito canadense ou referências locais (como a maioria dos imigrantes), pode estar em desvantagem, pois alguns proprietários darão preferência a candidatos que possam fornecê-los. Se você se deparar com isso, terá que continuar tentando até encontrar um proprietário que seja mais flexível.

 

5. Proteja-se com cuidados médicos

Cidadãos canadenses, residentes permanentes e temporários podem ter (ou não) direito ao seguro de saúde público - que varia de acordo com a província - e cobre cuidados médicos. No caso de serem elegíveis, cada membro da família receberá seu cartão de saúde, emitido pelo governo provincial ou territorial. Algumas províncias e territórios têm um período de espera antes que os recém-chegados sejam elegíveis para o seguro de saúde público. Até se tornar elegível, você deverá solicitar um seguro de saúde privado temporário.

 

6. Aprenda como se virar

O Canadá é orgulhosamente multicultural e tem muitas organizações dedicadas a ajudar os recém-chegados a se sentirem em casa. Bibliotecas públicas são excelentes locais para encontrar recursos da comunidade e do governo - e muitas vezes acesso gratuito à Internet. Centros comunitários e associações étnicas são ótimas fontes de informação, atividades e amizades.

 

7. Registre seus filhos na escola e / ou creche

Todas as crianças no Canadá podem frequentar escolas públicas de ensino fundamental e médio gratuitamente, desde que seus pais/guardiões tenham permissão para tal. Por lei, as crianças em “idade escolar” devem permanecer na escola. A “idade escolar” varia de acordo com a província ou território.

Dependendo do seu status, você terá duas opções: registrar seus filhos nos school boards (secretarias de ensino das cidades) ou diretamente na escola local. A documentação a ser apresentada pode variar também mas de forma geral, irão pedir a confirmação de status da família no Canadá, além de documentos como certidão de nascimento e certificado de vacinação do seu filho. Lembre-se que o nivelamento no Canadá é feito pela idade da criança.

Se você planeja trabalhar em tempo integral ou estudar e precisa de creches para crianças menores, as organizações de serviços para recém-chegados podem lhe dizer como encontrar creches adequadas em sua área. Este é um serviço pago e apenas residentes permanentes e cidadãos canadenses podem aplicar para alguma forma de subsídio para reduzir custos.

 

8. Faça amigos

Depois que a poeira assentar, é hora de conhecer algumas pessoas e começar a construir uma rede sólida de bons amigos e conhecidos que podem ajudá-lo a se sentir verdadeiramente em casa em sua nova cidade.

 

9. Tenha paciência com você mesmo

Você terá jet lag. Você não saberá onde é o melhor lugar para realizar suas compras diárias. Ocasionalmente, você terá dificuldade em saber que toda a sua rede de suporte está a vários fusos horários de distância. E a rotina de procurar um apartamento não vai corresponder aos meses de sonhos acordados que você teve quando planejou toda essa nova vida.

Tudo bem. Lembre-se de que é normal ficar mal-humorado quando você está cansado, e é normal depois de algumas semanas em um Airbnb ou hotel, querer a sua própria cama. Não se culpe por isso e lembre-se de que outros imigrantes estão no mesmo barco.

 

10. Faça alguma atividade prazerosa 

Entre o estresse de encerrar sua vida no Brasil e o estresse de estabelecer sua nova vida aqui, pode ser fácil esquecer o quão emocionante essa coisa toda realmente é.

Equilibre seu jet lag e seus esforços para construir uma vida no Canadá com lembretes de por que você decidiu viajar em primeiro lugar.

 Vá passear no topo da Torre CN, escale o Grouse Grind, alugue um carro para o fim de semana e explore. 

Faça algo que você sempre sonhou.

Você chegou. Vá para fora e conheça a cidade.

Saiba mais no video abaixo:

 

Que tal? Vamos preparar juntos o seu Plano? Agende agora um horário com um dos nossos consultores.